quarta-feira, novembro 16, 2005

Ou não percebeu o que disse ou percebeu e é grave...

Esta semana o Alto comissário para a Imigração e Minorias Étnicas Rui Marques disse no programa "diga lá excelência" algo que devia ser questionado.
À pergunta se Portugal não tem por norma a ideia de enterrar a cabeça na areia como a avestruz, em que o exemplo do arrastão de Carcavelos foi transformado em arrastinho, a engano da policia, etc. o comissário disse que esse arrastão foi uma invenção dos media e que as imagens não documentavam um arrastão mas pessoas a fugir da policia.
Vejamos, eu até vou aceitar a explicação do comissário para o que se passou, mas então assim que a polícia chega a um local as pessoas de inorai étnica sentem-se tão ameaçadas que fogem em bando? Se é verdade significaria que elas tem medo dos outros, da polícia , que se sentem discriminadas, que se sentem em fuga constante e que portanto existe entre elas uma tensão constante que pode rebentar contra a sociedade em qualquer momento.
Senhor comissário eu preferia a explicação do arrastão, é que isso era criminalidade que se pode isolar e combater. Se a explicação é a que deu, então as tensões sociais entre os portugueses e os imigrantes africanos que cá vivem chegaram ao ponto em que estes últimos se sentem constantemente ameaçados, a sociedade chegou ao ponto em que a cura terá de ser mais profunda do que apenas acções junto dessas comunidades.
Eu penso que o comissário não se apercebeu da gravidade do que disse enterrou a cabeça na areia para não discutir os problemas na TV/rádio. Não era melhor enfrentar os prblemas de frente, em ve z de inventar situações para justificar o que se viu nos media, situações essas que têm imlicações socias mais graves do que as que tinham sido relatadas?

2 comentários:

JAC disse...

Parece mesmo, segundo testemunhas, que o Arrastão foi realmente Virtual.

A agitação gerada por esta notícia explosiva podia, essa sim, ter provocado o Caos.

Cuidado com a falta de rigor de muitos órgãos de comunicação, em particular, num Verão sem futebol e campanhas políticas para encher horas de TV e páginas dos jornais.

Sal de Portugal

http://sal-portugal.blogspot.com/

el__sniper disse...

Entao a situação é grave porque as pessoas, nomeadamente as de origem africana tiveram receio e fugiram da policia. Isto é, na minha opinião, mais grave do que um arrastão.