terça-feira, novembro 22, 2005

As dez razões de política internacional para não votar Cavaco

Pulo do lobo fez o mesmo para Alegre e Soares, logo é legítimo fazer o mesmo para Cavaco.

1. Se encontrar Zapatero, chama-lhe Manuel Azaña (presidente do governo da Frente Popular Republicana antes da guerra civil ).
2. Se encontrar Chirac, chama-lhe DeGaulle.
3. Se encontrar Sarkozy, chama-lhe Pétain.
4. Se encontrar Blair, pergunta "Mr. Thatcher where is Margaret?".
5. Se encontrar Angela Merkel, "Frau Kohl, wo ist Helmut?"", .
6. Se encontrar Berlusconi, chama-lhe Mussolini.
7. Se encontrar Bush, pergunta-lhe "O presidente, sabe, o seu papá, não veio?" .
8. Se encontrar Lula, chama-lhe Sarney
9. Se encontrar José Eduardo dos Santos, fala da necessidade de ele conversar com Savimbi .
10. Se encontrar Bento XVI, chama-lhe João Paulo II.

(Ao contrário deles não tenho censura na caixa de comentários - assim se vê a qualidade democrática dos apoiantes de C.S.).

3 comentários:

JAC disse...

Fogo aberto sobre Cavaco?

Será que os seus assessores são assim tão maus?

Sal de Portugal

http://sal-portugal.blogspot.com/

Anónimo disse...

Se medida a democracia pela existência de comentários nos blogues apoiantes, o Pulo do Lobo é 100% mais democrático do que o Super Mário, que nem tem comentários!

el__sniper disse...

O anónimo anterior tem razão.
Conceito de participação para:

Apoiantes de M.S. - Zero. O pvo não tem direito a ter voz.

Apoiantes de C.S. - Um pouco . O povo tem direito a ter voz, mas só se for conveniente.

Apoiantes de M.A. - Um pouco maior . O povo tem direito a ter voz