quarta-feira, outubro 04, 2006

Na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) passam-se coisas estranhas....

.... começando por esta notícia do DC.

Então não houve um único candidato ao regime especial de acesso para maiores de 23 anos com nota negativa? Claro se a prova de ingresso é feita através de uma combinação entre provas específicas, avaliação do currículo profissional e entrevista, é normal. Dois dos critérios são tão subjectivos e sujeitos a cunhas/corrupção que estas notas são normais.

Bem, basta ver a lista de docentes, aqui para termos uma ideia do que lá se passa, mas que é estranho que só haja uma pessoa doutorada é... ...que é estranho que os CV destas pessoas não estejam disponíveis é... ...enfim... ...será que esta escola contribui em alguma coisa para a melhoria da qualificação dos portugueses? Ou é formar Dr. no papel?

3 comentários:

sea disse...

Real/ é estranhíssimo... que se passará?
E que raio de quadro de docentes é aquele? Que qualidade apresenta? Apenas um doutor? Nem há ninguém com um mestrado quando agora por todo o lado se fazem mestrados em tudo " e mais um par de botas"?

Anónimo disse...

A lista está claramente desactualizada...aliás, basta ver que dois dos docentes ganharam recentemente dois prémios da Faculdade de Direito de Coimbra por terem obtido as melhores classificações nos mestrados relativos aos anos de 2004 e de 2005.

Anónimo disse...

De facto é verdade.
Contudo se a listagem está desactualizada a escola não está a fazer um bom papel na promoção da sua imagem.
Se não tem nada a esconder, e não deve trer, coloque os CV on-line.